20070718

VIVESTE O CANTO


Viveste o canto,

abriste a flor,

vós, oh príncipes,

eu, Tochihuitzin, sou tecedor de plantas,

todas as flores

por aí caem.


Quinze Poetas Aztecas ( Antologia Poética)

Trad. José Agostinho Baptista

6 comentários:

Ema Pires disse...

Ser tecedor de plantas, que lindo.
Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

DEscobri estes poetas agora...

São autênticas maravilhas...

Bjks

papagueno disse...

Poesia Azteca? lindo, não conhecia.
Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Então vou deixar mais!!!!!

Bjks

André L. Soares disse...

Boa noite! Excelente poema. Aliás, não apenas esse. O blog todo é de muito bom gosto e os textos são ótimos. Por enquanto li somente os últimos posts, aleatoriamente. Excelentes mesmo! Depois voltarei para ler mais. Estou dando um ‘passeio geral’ pelos blogs relacionados à literatura, principalmente poesia e prosa. Gostei muito do seu blog. Vou adicioná-lo ao meu blog, bem como favoritá-lo no ‘blogblogs’, para que possa visitá-lo mais vezes. Quando puder, visite também meu blog, no endereço: [ http://poemasdeandreluis.blogspot.com ]. Sinta-se à vontade... a casa é sua,... e, gostando,... por favor, também adicione meu blog e, se for o caso, ao seu ‘blogblogs’, ‘techinorati’ etc. Vamos tentar ampliar a rede de intercâmbio artístico-cultural, influenciando-nos e aprendendo mutuamente. Grande abraço!

avelaneiraflorida disse...

André,

Bem vindo a este cantinho! Obrigada pelo seu comentário. Como costumo dizer, este espaço é para todos quantos nele se quiserem encontrar...
Decerto que o irei visitar!!!!