20070727

ASSASSINATO VERDE!!!!!

Pela manhã um barulho estranho!

Agora que a maioria dos vizinhos "está a banhos"... a agitação matinal tornou-se quase um murmúrio...

E lá vinha insistente, aflitivo, aquele roncar bruto !!!!


Como levo algum tempo a encontrar-me com o dia... fui esperando que ainda estivesse a meio de um sono, mais ou menos, maquiavélicamente industrial...


O som tornou-se aflitivo! Como um grito de desespero, um uivo dolorido, um adeus lancinante...

Ergui a cortina!


Tremi da cabeça aos pés!


Nas traseiras, do bairro, cheio de casas, cimentos, pedras, havia um quintal único!!!! Com rosas, de várias cores, com uma nogueira, com um imenso e altivo plátano, com uma nespereira...

Durante mais de vinte anos, eles ali cresceram , multiplicando-se em verdes, em frutos, em odores...

Ali se notava a passagem da brisa e o aproximar das chuvas invernais....

Neles se aninhavam pequenos e saltitantes pássaros na espera tranquila da noite...


O quintal mudou de dono! E o novo dono é, para mim, um enorme e gigantesco "Monstro" como aqueles dos contos de terror... E agora????

Acho que não vou ter coragem de voltar a abrir, pela manhã, a cortina da minha janela!!!!!
Foto(C) Avelaneiraflorida

As minhas habilidades como fotógrafa ...deixam muito a desejar! Mas também a indignação do momento não me deixou encontrar outra perspectiva!!!!

No antigo quintal, do prédio com andaimes, ainda se vê uma pequena mancha verde...

era a agonizante nespereira!!!!!

12 comentários:

Alf disse...

Oh...

Eu tenho uma nespereira no jardim da minha casa nova! :)

avelaneiraflorida disse...

AlF,

cuida bem dela!!!!
Sem a Natureza perdemos a nossa humanidade!!!!!

Um bom resto de dia!!!!

Professorinha disse...

É um pecado destruir assim a natureza!! E eu que adoro ficar rodeada de verde (e azul.. mas isso é outra conversa)..

Beijos

papagueno disse...

Os nossos autarcas deixam construir em todo o lado em troco de alguns patacos dos empresários da construção civil. depois dão-se enormidades destas. Quando é que alguém consegue acabar com isto?

avelaneiraflorida disse...

PROFESSORINHA,

ainda não estou em mim!
Recuso-me a olhar pela janela...
Sinto saudades daquelas árvores!!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Papagueno,
todo este espaço em que se transformou todo este monte de casas nem tem saída para uma emergência!!!!!!!

Outrora, nasciam aqui flores, cresciam arbustos e árvores e a água corria feliz!!!!
Em nome do "progresso" caíram agora as ùltimas dessas árvores...

Temo pelo que se poderá fazer nos restantes espaços ainda verdes....
Bjkas

Ad astra disse...

Este post deixou-me solidáriamente triste!

avelaneiraflorida disse...

Ad astra,

é mesmo verdade...não consigo abrir a cortina!!!!

Vou ter de me habituar, eu sei... mas fiquei imensamente triste!

Sam Well disse...

Vejo agora a extensão da tua tristeza. E entendo-a tão bem!

avelaneiraflorida disse...

Sam...

uma tristeza perder estas minhas amigas!!!!

Dificil de ainda entender...

Blondie disse...

Querida Avelaneira,
penso que a tua tristeza não é nada difícil de entender!
Entendo perfeitamente a tua tristeza. O mesmo sinto quando vejo o cimento frio e morto a substituir o que antes era um local verde, cheio de vida e cor..
É triste, sim!!

Beijocas

avelaneiraflorida disse...

"Brigados"...Blondie!

Terei de me habituar...