20070730

Para o dia de hoje...


A vida é generosa, quando quer.

Se gosta de quem passa,

manda que o vento, lírico, estremeça

e lhe peneire pétalas nos ombros.



Cobre-os do amor que voa e que fecunda...



Semeados de rosas desfolhadas,

O coração do homem, fraga dura,

Transforma-se na terra das lavradas

Onde cresce ternura.


Miguel Torga,
in Poesia Completa

9 comentários:

papagueno disse...

Que bela maneira de começar o dia.
Uma boa semana e beijinhos.

avelaneiraflorida disse...

Que o sol brilhe!!!!!

Bjks, PAPAGUENO!

Luís Galego disse...

Miguel Torga um dos meus escritores favoritos, desde os meus 13 anos, quando li aquela magistral obra "Os Bichos"...

avelaneiraflorida disse...

Luis Galego,

Foi um desespero quando esgotou a Poesia Completa, mas tive uma fada madrinha que me fez um milagre!!!!

E hoje tenho-o sempre por perto!!!!
Bjks

Professorinha disse...

A vida é generosa para quem a sabe viver, para quem vive... e naõ para quem passa por ela sem a ver :)


Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Professorinha,

e mesmo que, por vezes, ela seja "madrasta"...temos de a enfrentar!!!!

bJKS

Ema Pires disse...

Lindo poema e maravilha imagem. Nao existe um artista que possa ultrapassa a natureza. Obrigada por esta imagem.
Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Querida Ema,

A Natureza é Mãe...ela só cria maravilhas!!!!

Nós humanos´é que nos achamos "superiores" e muito mais "Sapientes"!!!!!

Bjks

Méon disse...

Torga!! Faria 100 anos em 12 de Agosto próximo!
Já lhe deste os parabéns...
Bj