20080929

20080928

20080927

E a tarde cai em Setembro...

no tempo ... intemporal.
Imagem(C) Webmuseum, Paris
Les très riches heures du Duc de Berry

20080926

Amaste o voo


Amaste o voo, o infinito, a chave

Invisivel da voz. E foste a própria ave,


Abrindo a cifra, a fronde dos seus medos.

Abrindo a cifra das acesas fráguas.


Lendo a secura triste dos penedos

Completaste o secreto eco das águas.


Seguiste o tocador de instrumentos

Cinzentos, sedentos. Movimentos

De aparições, tremendo ao sol dos ventos,

Contradições de cor e de agonia.


E foste o tocador dos instrumentos

No alvo espaço em cruz dos seus momentos

Teu alvo tempo e alar sabedoria.


Natércia Freire
in Poesia Completa
Imagem (C) Françoise Deberdt

20080924

Nos dias...nas horas...


a partilha do tempo.
Imagem(C) Google Images

20080922

Movimento...

E tudo dança...
num movimento encadeado,
ritmo de múltiplas espirais.
Assim corre a Vida.
E o movimento torna-se contagiante...
E cada gesto será sempre
um convite à dança.

Intensamente sentido.
Generosamente partilhado.
Fotografia (C) Hernani Pereira

20080921

Pelo dia...




Deixa dizer-te os lindos versos raros

Que a minha boca tem pra te dizer!

São talhados em mármore de Paros

Cinzelados por mim pra te oferecer.


[...]

Florbela Espanca,
Os versos que te fiz
Imagem(C) Rebecca Hardin




20080918

OBjeCtIVOS!!!!!!!!!!


tenho de me lembrar de definir os Meus(???)
OBJECTIVOS
para a Avaliação de Desempenho!!!!!
Tenho?????
tenho de fazer o quê?????
Imagem (C) Google Images

20080916

REGRESSO!!!!!!!!



que as horas voem céleres!!!!!
Imagens(C) Google Images

20080915

Mindelo


«Quem ca conchê Mindelo,
ca conchê Cabo Verde»
«Quem não conhece o Mindelo, não conhece Cabo Verde»
Manuel d'Novas,
músico e compositor caboverdiano
Imagem (C) Google Images

20080914

Em trânsito...



Proposição

Ano a ano
crânio a crânio
Rostos contornam
o olho da ilha
Com poços de pedra
abertos
no olho da cabra

E membros de terra
Explodem
Na boca das ruas
Estátua de pão sol
Estátuas de pão sol

Ano a ano
crânio a crânio
Tambores rompem
a promessa da terra

Com pedras
Devolvendo às bocas
As suas veias
De muitos remos


Pecado Original


Passo pelos dias
E deixo-os negros
Mais negros
Do que a noute brumosa.

Olho para as coisas
E torno-as velhas
Tão velhas
A cair de carunchos.

Só charcos imundos
Atestam no solo
As pegadas do meu pisar
E fica sempre rubro vermelho
Todo o rio por onde me lavo.

E não poder fugir
Não poder fugir nunca
A este destino
De dinamitar rochas
Dentro do peito...


Corsino Fortes

Imagem (C) Google Images





20080913

SODADE...

Lua igual...

Rosa Criola
Persistência...


Fotografias (C) Google Images e www.asemana.cv/article.php3?id_article=33411

20080911

20080910

20080909

Ver por dentro...






a beleza que nos convida a olhar!
Fotografias(C) Avelaneira Florida

20080905

Convite à festa....


EXPOSIÇÃO DE ARTES PLASTICAS (colectiva)
DIA 13 DE SETEMBRO PELAS 17 HORAS
NA GALERIA MUNICIPAL DE SOBRAL MONTE AGRAÇO
e lá estará o ANTÓNIO MARIA!!!!
Imagem(C) António Maria

20080904

Uma descoberta....


e um DESAFIO!!!!



Repensar as leituras que fiz ao longo dos dias da minha infância...Relembrar os autores e as palavras que tanto me deram, me acompanharam, me ensinaram a descobrir a vida....

Agora que tanto se fala em falta de "leitura"...em outras formas de "ler"....na imensa iliteracia....
E, dito por Groucho Marx: " Outside of a dog, a book is man's best friend. Inside of a dog, it's too dark to read."...esta realidade torna-se por demais assombrosamente evidente!!!!



Este livro despertou-me para essa outra maneira de ver, de ler... O texto é fabuloso e Manguel faz-nos descobrir outras pontes da leitura!!!!

Quem sabe, poderemos fazer, também, o nosso diário de leituras!!!!!

"BRIGADOS", Q.!!!!!!!

20080903

Time will tell...


" To see a world in a grain of sand,

and heaven in a wild flower,

hold infinity in the palm of your hand,

and eternity in a hour"


William Blake,
Songs of innocence, 1783
Imagem(C) Jackie Myers

20080902

Regresso...


Lá voltámos....

e por entre os rostos de amigos e companheiros de sempre...novos olhares, alguma timidez, muitas perguntas...

As TONELADAS de papel com que nos pretendem "afogar"... as dúvidas, as interrogações, a discussão...

MAS, SEMPRE, SEMPRE, A PARTILHA ENTRE TODOS OS MEMBROS DO MELHOR DEPARTAMENTO DO MUNDO!!!!!


e, ainda que justamente AUSENTES, porque a aposentação lhes é inteiramente MERECIDA, "estiveram" CONNOSCO TODOS OS COLEGAS!!!!


COMO SEMPRE!!!!
Imagem(C) Google Images

20080901

SETEMBRO...

Handel - Water Music Suite In F- (Allegro)