20070811

O nome lírico


Esta manhã

hoje

é um nome.


Nem mesmo amanheceu

nem o sol

a evoca.


Uma palavra

palavra só

a ergue.


Como um nome

amanhece

clareia.


Não do sol

mas de quem

a nomeia.


Fiama Hasse Pais Brandão,

in Rosa do Mundo - 2001 Poemas para o Futuro
Imagem(C) locawebcom.br

4 comentários:

Sam Well disse...

Antes de regressar à aldeia, passei por aqui de novo, a tempo de ler o belo poema da Fiama. Rigor, simplicidade.

Uma saudação especial para ti, Avelaneira.

NETMITO disse...

Bonito poema.
bom fim de semana bjs*)

avelaneiraflorida disse...

Sam,
que os dias sejam de descanso e serenidade!!!!
Boas Férias!

avelaneiraflorida disse...

netmito,
Obrigada pela visita!

Um bom fim de semana, também!!!!
Bjks