20070622

Voz silenciosa




O que é ser uma figura do silêncio?


O que é ser apenas o hálito de uma folha?


Alguém me descobrirá no meu círculo minúsculo?


Quem falará às pedras? Quem dirá a palavra?


Inclino-me sobre a água com um suave desejo


e quase canto no silêncio, adormecendo.


Amo a luz tranquila e o meu pequeno corpo


leve como uma clara chama.O mistério é meu.


Mas se alguém vier acariciar as pedras


eu cantarei na sua boca, descerei ao fundo


da garganta e serei nas suas veias


o frémito feliz de uma pedra harmoniosa.




António Ramos Rosa, O Não e o Sim

Imagem (C) Açores, Ilha Terceira

2 comentários:

JMD disse...

LINDO!
Li devagar...
A imagem! Conheço-a, penso que é do Algar do Carvão, estive lá, com a sensação de estar dentro do útero da Terra! Fabuloso!
Bj

avelaneiraflorida disse...

QUE INVEJA!!!!!

Mentira....