20070616

O Livro da Peregrinação


Apaga-me os olhos: inda posso ver-te,
Tranca-me os ouvidos: inda posso ouvir-te.
e sem pés posso ainda ir para ti.
e sem boca posso ainda invocar-te.
Quebra-me os braços, e posso apertar-te
com o coração como com a mão,
tapa-me o coração, e o cérebro baterá,
e se me deitares fogo ao cérebro
hei-de continuar a trazer-te no sangue.
trad. de Paulo Quintela
Imagem(C) Andrew Wyeth

4 comentários:

JMD disse...

O grande RMR! Foi uma descoberta há anos. Depois deixei-o um pouco. Mas lá regresso sempre. Como agora, por mao amiga-

avelaneiraflorida disse...

Não conheço muito dele...mas o que tenho vindo a ler tem-me surpreendido agradavelmente!!!!

inês leal, 31 anos à volta do sol disse...

quanta força a deste amor...*

avelaneiraflorida disse...

Basta ser...amor!