20080223

NA PALMA DA MÂO


abro as mãos; nelas

podes ver

o que quiseres: apenas

o teu rosto

se não quiseres olhar

para as minhas

mãos

ou as rugas, pregas

finas

nos meus dedos,

outros sinais do tempo

que não foi teu.

Abro as mãos; repara

nelas,deita-lhe ao menos

um olhar

agora que uma estrela

rompeu os céus

no céu de Praga

e as minhas mãos já não cantam

nos teus lábios

para sempre rendidos

ao rasto da estrela

e à luz nocturna

do cristal.


António Mega Ferreira
O Tempo que Nos Cabe

10 comentários:

Méon disse...

Lindo!!!
Há tanta história nas nossas mãos...
Que as tuas continuem a ser a dádiva de tantas coisas belas - imagem das rugas que o tempo fez para que sejam mais sábias...

Maria Faia disse...

Bonito Amiga,
Há quem diga que se pode ver o passado, o presente e o futuro na palma da mão...
Interessante!

Um beijo amigo e,
votos de fim de semana feliz.

Maria Faia

Ni disse...

Estas são as mãos da vida... onde se vêem as pessoas e onde os traços são caminhos percorridos e nunca acabados...
Estas são os mãos que nos tocam quando sentimos.

avelaneiraflorida disse...

Méon,

as mãos são pontes entre distâncias.... através de TODOS os tempos!

avelaneiraflorida disse...

Querida Maria Faia,

Que as mãos unam o passado ao presente e ao futuro em tudo aquilo que quisermos ALCANÇAR!!!!

Bjkas!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Ni,

e nas nossas mãos bate o coração!!!!
Bjkas!

monge disse...

Veio-me agora à ideia uma frase que li em "O Marinheiro" de F. Pessoa, quando uma das veladoras disse: "Quando olho para as minhas tenho medo de Deus". Sem saber ao certo o motivo (ou saberei?) trago esta frase comigo, e guardo-a comigo para ter sempre presente que, possivelmente, nas mãos, reside toda a vontade do Homem e ao mesmo tempo acreditar do que, sensivelmente são capazes de criar e irracionalmente são capazes de destruir. Além disso, é a primeira parte do corpo em que reparo nas pessoas. Curioso!

bjinhos

Jasmim disse...

As nossas mãos... nelas podemos ler o nosso destino; moldar o mais dificil barro, acariciar o rosto amado; desembaraçar os nós da vida. Com efeito,as nossas mãos são para admirar...
bom fim de semana

avelaneiraflorida disse...

Amigo Monge,

as mãos ...como os olhos...podem ser o espelho da alma!!!!
Por ambos sentimos!!!!
Em ambos, reside a nossa força e a nossa fraqueza!!!!

Bjkas!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Jasmin,

não é por acaso que nos momentos mais difíceis e desesperados da vida ...uma mão de criança nos pode devolver TUDO!!!!!

Bjkas!!!!