20080121

O Ovo


Enchi de Oeste a minha vida,

Como se o Sol, que estira os peixes,

Me desse a terra percorrida,

O mar curvado e um não-me-deixes.


Sol fui no arco dos dias

E, pesado

Na minha luz, já mais do que o meu fogo,

Levei as ondas frias,

O vento e a vida logo.


Tudo levei, coroado de horizonte;

O amor queimei na tarde vaga,

Com uma ilha defronte.


Mas, queria, mais que o mar, bater

Ainda as praias carregadas

De passos, conchas e do haver

De aves livres lá pousadas

Que já não posso recolher.


E um ovo,

Nada mais que um ovo,

Num punhado de pó, entre juncais,

Que desse vida, penas, povo

Para as aragens e areais.


Vitorino Nemésio,
Nem Toda a Noite a Vida, (1953)
Imagem(C) Hervás Amescua

12 comentários:

Méon disse...

No mar imenso da poesia de Vitorino Nemésio, esta é mais umas das ondas maravilhosas que ele nosa deixou...

Vou pegar nele!...
Obrigado, Avelã. Dia bom!

Maria disse...

Nemésio, tão pouco visto por aqui....
Obrigada por o teres trazido até nós.

Tem um bom dia.
Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Méon,

Nemésio é todo um mar primordial e perfeito!!!!
Basta mergulhar...

Que seja bom, também,o teu dia!!!

avelaneiraflorida disse...

Amiga Maria,

Nemésio tem sido injustamente esquecido!!!!
Mas ainda bem que há quem dele se lembre...porque a sua escrita é todo um mundo!!!!
Bjkas!!!!

Fátima disse...

Amiga avelaneiraflorida,

Vitorino Nemésio com o elevado teor da grandeza, mas como referes "injustamente esquecido!
Obrigada pela tua lembrança!

Bom dia para ti

:-) Beijinhos

gata disse...

Vitorino Nemésio lembrar-me-á sempre uma travessia, num pequeno barco, da Ilha do Pico para a Ilha do Faial em que o mar bravio molhava o meu rosto... Não tinha medo (pensava eu!) mas só descansei quando cheguei ao porto da Horta! :-)

papagueno disse...

Como bom ilhéu que era, também o Nemésio sentia o mar de uma maneira especial.
Bjks

avelaneiraflorida disse...

Querida Fátima,

cabe-nos trazer aqui os nossos poetas, escritores, artistas...todos os que nos iluminam os dias!!!!
Em nome da MEMÒRIA!!!!

Bjkas, amiga!!!!

avelaneiraflorida disse...

OOOOps, querida gata!!!!!

Essa foi uma travessia e tanto!!!!!
mas tu és destemida...
Bjkas, amiga!!!!

avelaneiraflorida disse...

E como não sentir...o MAR?????

Será dificil para quem o conhece...impossível para quem dele se abeirou alguma vez!!!!!

Bjkas, amigo!!!

oceanus disse...

o mar...já bastava ter o mar...
mas o mar e Vitorino Nemésio é agradecer duas vezes por este post.

"Bi" obrigada...

bjs do fundo do Oceanus

avelaneiraflorida disse...

OCEANUS,

o mar...e o poeta da ilha!!!! juntos são de facto um sonho imenso!!!!
Bjkas!!!