20080109

E ...


Aí vem a noite velhinha,

Erma sombra entrevadinha,

Mal pode andar, de cansada...


Já o dia se avizinha...


E a noite, triste e sozinha,

Tão pálida e fatigada,

Da sua longa jornada,

Deita-se e dorme.

A alvorada

É o sono bom da noitinha...


E a noite dorme quentinha,

Na cama que lhe foi dada...


Dorme, dorme, sossegada,

Noite de Deus, sombra minha,

Que o teu sono é madrugada...


Teixeira de Pascoaes,

Senhora da Noite

22 comentários:

Méon disse...

Que poema tão fresquinho... logo pala manhãzinha...quando ainda estamos quentes da caminha...a pensar que perdemos o soninho...

Amiguinha: um diazinho bom para ti.
Aqui fica o meu miminho...

avelaneiraflorida disse...

Méon,

e no meio de todos estes "inhos" que o dia seja um BOM DIAZINHO!!!!
"Brigados"...Também para ti!!!!

gata disse...

Ai amiga... quem dormia agora era eu!!! Os problemas tiram-me o sono... :-(

avelaneiraflorida disse...

Querida gata...
Problemas???

é melhor dormir...pode ser que eles se afastem!!!!
Ou então enfrentá-los mesmo...de garras afiadas!!!!!
Bjkas!!!!

Fátima disse...

Amiga avelaneiraflorida,

A noite é tão pequenina...
Mas também precisa de descansar!

Boa Poesia!

:-) Beijinhos amiga

avelaneiraflorida disse...

Querida Fátima,

De facto Pascoes personifica de forma tão sentida a nossa amiga noite... que é impossível ficar-lhe indiferente!!!!

Bjkas, amiga!!!

Luís Galego disse...

E a noite dorme quentinha,
Na cama que lhe foi dada...


Bem vindo Teixeira de Pascoaes...

avelaneiraflorida disse...

Caro Luis,

Pascoaes é sempre um especial modo de sentir...

UMA BOA NOITE!!!

Ad astra disse...

Tao bonito amiga...este não conhecia, apesar de ser do "meu" teixeira de Pascoaes.

Bigados ;)

Jinhos

avelaneiraflorida disse...

Querida Ad Astra,

descobrir Pascoaes é sempre novidade!!!!

bjkas, amiga!!

amigona avó e a neta princesa disse...

Tão bonito, tão doce este poema! Não conhecia - obrigada pela partilha! E obrigada por divulgares o espaço do Victor.Vale a pena, não é? Beijo...

avelaneiraflorida disse...

Querida Amigona,

Sou eu quem agradece a tua dica!!!!
de facto, encontramos na "Oficina" uma "construção" de beleza que nos faz um apelo imenso!!!!

Bjkas, Amiga!!!

Ni disse...

Todas as noites fossem como esta, tranquila... e com um lugar só delas, a noite!

Iduna disse...

Olá =)
Apesar de ter acabado com o meu blog e de ter estado ausente vou continuar a cá aparecer porque este será sempre um daqueles espaços na net em que sinto boas energias.
Bonito poema... Gosto bastante da noite, no entanto não sou aquele tipo de pessoas que abomina o dia, a luz do sol, embora eu prefire não muito Sol, até por causa do calor (acho que passo o ano praticamente todo de t-shirt :S).
Gosto da alvorada... É uma bela altura do dia... aquela frescura, para mim é uma altura quase mágica =) mas isso podem ser todas as alturas do dia, basta que queiramos.
Bem vou indo... Tenho trabalhos para fazer e hoje começo a escrever e não páro, devido à felicidade talvez.
Tenho um outro blog que criei mas sinceramente é só mais para nada... fi-lo em inglês só para ir treinando... como este ano não tenho inglês tenho medo de para o próximo ano não esteja muito bem.
Bem agora é que tenho mesmo que ir.
Beijinhos,
Ana Sofia (Aspirina)

avelaneiraflorida disse...

Olá Querida Ana SOFIA!!!!!!!!

Que bom ter-te reencontrado!!!!!
Tenho ido ao teu cantinho...mas vi que estava desactivado!!!!

Fico muito contente por tudo estar bem contigo!!!! Força!!!!!
e continua a praticar o teu inglês, sim!!!!!
Volta sempre que quiseres e puderes!!!!!
Bom trabalho!!!!!!
Bjkas!!!!!!

avelaneiraflorida disse...

Olá ni!!!!

Nem todas as noites são iguais...daí o seu encanto!!!!
Mas elas prenunciam o dia!!!!

Bjkas!!!!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Avelaneiraflorida
Há muito tempo que não lia uma poesia assim naif, terna, suave na calma e no amor das coisas.
Beijinhos

Rhiannon disse...

O saudosista Pascoaes e a frescura com que escreve as imagens.


Bjo

Outonodesconhecido disse...

Olá
Teixeira de Pascoaes... como sabes gosto muito.
Ando numa fase com muito pouco tempo. Encerrei o jasmim, virei ao outonodesconhecido assim que me for possível. Visitá-los-ei, a vós meus amigos, sempre que possível.
Bjocas e perdõem a pouca disponibilidade.
Até breve

avelaneiraflorida disse...

Querida rhiannon,

de facto, um Pascoaes sensivel...

Bjkas, amiga!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Lídia,

De facto, uma ternura, um sentir especial, por isso tão bonito!!!!

Bjkas. amiga!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Jasmim/OUTONO

Estamos todos com "montanhas" de coisas para fazer...

Esperemos encontrar-nos no tempo!!!
Continuarei a visitar o teu cantinho...com todo o gosto!!!!
E volta sempre que puderes e quiseres!!!!
Bjkas,amiga!!!