20080104

De SOL A SOL


O sol nasce agora

E a matéria

Da noite

Foi deixada aos deuses do sono

E aos seus auxiliares

No pesadelo.


Lavo o rosto do sol,

Beijo-lhe as crinas, os seus olhos

De animal incendiado.

Levanto-me com o destino marcado

Pelo seu relógio ardente

E atravesso o caos da manhã

Como um atleta

Que vai inaugurar a limpidez do mundo

Com um verso ainda nebuloso

E trôpego.


Armando Silva Carvalho
Sol a Sol
Imagem(C) Vladimir Kush

18 comentários:

Méon disse...

Obrigado pela lembrança de A. Silva Carvalho, um belo poeta contemporâneo que vale a pena conhecer. Há uma surpresa dele para ti, Avelã! Deixa que as coisas aconteçam...
Dia bom!

avelaneiraflorida disse...

Oh!
e agora o que é que eu faço????

OK!!!!
Dia bom, para ti, também!!!

monge e eremita disse...

Olá amiga avelaneira

com ou sem destino marcado, que neste novo ano renasça em ti a vontade de partilhar connosco a tua incomensurável sensibilidade, de modo a incendiares belos momentos de sentir.

Bom ano, amiga

bj

monge

avelaneiraflorida disse...

Amigo Monge,

o sentir cabe aos poetas...e eles, melhor do que ninguém, dão-nos as palavras para cada dia!!!!!

Bjkas!!!!

Vieira Calado disse...

Já agora aí vai um poema meu, já publicado em livro e também em postal ilustrado:

ALENTEJO

só o sol

de sol-a-sol



Beijinhos

Luís Galego disse...

Levanto-me com o destino marcado....pois....

Maria Faia disse...

"Lavo o rosto do sol,
Beijo-lhe as crinas, os seus olhos
De animal incendiado."

Lindo amiga. Especialmente em tempos em que parece que andamos todos desesperados.
Muito sol na tua vida!

Beijo amigo e, Bom Fim de Semana

Maria Faia

avelaneiraflorida disse...

Caro Vieira Calado,

"Brigados" pelo poema!!!!

e o Alentejo e o seu sol tão peculiar...lindo,sempre!!!

Bjkas, amigo!!!

avelaneiraflorida disse...

Caro Luís,

e esse destino pode ser muito especial a cada dia...

Assim o saibamos (pre)sentir...

avelaneiraflorida disse...

Querida Maria Faia,

e sem esse astro-rei como sentimos mais a tristeza dos dias!!!!
Que o sol brilhe...ao menos no interior de cada um de nós!!!!
Bjkas, amiga!!!

Gerlane disse...

Lindos: poemas e imagens!

Abraços!

Jose Gonçalves disse...

avelaneiraflorida

O sol está e estará sempre onde quisermos que esteja, mesmo que o outros o não vejam.
Basta abrir um pouco a janela e ele entra, quente e de mansinho e dá-nos a chama que precisamos todos os dias.
Um grande beijinho de obrigado por tudo o que tem representado para mim.
José Gonçalves

Carminda Pinho disse...

De sol a sol, vamos percorrendo o nosso caminho.

Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Gerlane,

Bem vinda a esta Mesa de Amigos!!!
"Brigados" pelas palavras gentis!
Volte sempre!!!

Bjkas!!!

avelaneiraflorida disse...

Amigo José Gonçalves,

Que bom regresso!!!!

O sol estará nos nossos dias...embora nem sempre o vejamos!!!
Mas acreditemos nele!!!!
Bjkas, AMIGO!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Carminda,

Assim o fizeram os que viveram antes de nós ... e em condições bem dificeis, por vezes!
Honremos a sua memória!!!!

bjkas, Amiga!!!!

Blondie disse...

Que bonito!!! Espero que o Rei Sol nos brinde com a sua visita brevemente!! Já não suporto estes dias tão escuros, tão pesados, tão adversos ao brilho humano.
Beijocas

avelaneiraflorida disse...

Esperemos sim, Blondie!

Mas a mãe natureza precisa também do seu tempo!!!!!

Bjkas, Amiga!!!!