20080304

DESPERTAR



É um pássaro, é uma rosa,


é o mar que me acorda?


Pássaro ou rosa ou mar,


tudo é ardor, tudo é amor.


Acordar é ser rosa na rosa,


canto na ave, água no mar.




Eugénio de Andrade
in Coração do Dia
Imagem (C) Bruno Abreu

18 comentários:

Méon disse...

Depois de um dia "louco", que acordar mais sereno!

Que o dia te seja doce!

papagueno disse...

é o mar que me acorda e que doce despertar.
Bjks

samuel disse...

O Eugénio quando "queria" era glorioso, não era?
Grande escolha!

Abreijos.

Ad astra disse...

acordar assim, é
estar-se vivo!!!

beijo amiga

SILÊNCIO CULPADO disse...

Avelaneiraflorida
Eugénio de Andrade sabia fazer a vida pulsar. Acordar com os seus poemas é sempre recomeçar.

Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Méon,

acordo serena...pois há anjos que velam por mim!!!!!

avelaneiraflorida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
avelaneiraflorida disse...

Amigo Samuel,

os poetas têm todos o seu "quê" especial...

mas nós gostamos deles assim!!!

Breijkas

avelaneiraflorida disse...

Querida Ad Astra,

e viver as surpresas do dia!!!!!!

Bjkas!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Lídia,

nem sempre apetece recomeçar...mas lá vem o dia, a hora, o momento, que nos volta afazer sorrir!!!!

Bjkas!!

Ni disse...

Despertar assim só com o sorriso do amor a acordar-nos para mais um dia... diferente.

avelaneiraflorida disse...

Amigo Papagueno,

o mar embala, adormece, suaviza...
Ainda não desisti de ter uma casa virada para o mar!!!!!!

Bjkas!

avelaneiraflorida disse...

Querida Ni,

só mesmo um sorriso....e acordar sorrindo faz-nos tão felizes!!!!

Bjkas!

Outonodesconhecido disse...

Antes de ir dormir e porque amnhã há outra vez desepertar, vim desejar boa noite

Brancamar disse...

Minha querida Avelaneira,
Eugénio de Andrade é inconfundível.
Comecei a ler a primeira linha e logo o senti, é sem dúvida o poeta do amor. Ao mesmo tempo emocionei-me porque me lembrei da última vez que o vi no seu local de trabalho antes de se aposentar e se dedicar de vez à poesia.
Saudades de José Fontinhas (Eugénio de Andrade)!
Beijinhos para ti.

avelaneiraflorida disse...

Querida Outono,

E que o novo despertar seja a sorrir!!!!

Bjkas!

avelaneiraflorida disse...

Querida Brancamar,

tiveste esse privilégio de privar com a pessoa...

mas nós temos o privilégio de viver com o seu génio!!!!
Bjkas!!!!

Fátima disse...

Amiga avelaneiraflorida,

O grande "Eugénio de Andrade".
Acordar é viver!

:-) beijinhos amigos