20080330

Amor


Porque o amor é nuvem, por cima de mim,

E correntes, por debaixo.

E afunda-me os pés,

Ou cai sobre mim como um dilúvio.

Como uma cidade, como uma tribo,

Me envolve a paixão;

Encontra a nostalgia

O seu albergue e descanso

Aqui no meu coração.

E em torno de mim há somente

Ventos rodopiando.


Abu Nuwas
in Qual é a Minha ou a Tua Língua
- Cem Poemas de Amor de Outras Línguas
(org. José Sousa Braga)
IMAGEM(C) Inês Gato

12 comentários:

Luís Galego disse...

Não conhecia Cem Poemas de Amor de Outras Línguas....registei...

comecardenovo disse...

mas quando o vento acalmar o amor irradia e tranquiliza o teu coração.
Um bj e sê feliz

avelaneiraflorida disse...

Caro Luís,

também foi uma descoberta para mim!!!!

avelaneiraflorida disse...

Começardenovo,

Que assim seja, não é??

Bjkas!!

oceanus disse...

...o amor chega sempre, e nem sempre como esperamos...

Lindo!

bjs do fundo do Oceanus

papagueno disse...

O amor quando chega parece mesmo um vento rodopiante.
Também não conhecia.
Beijos

avelaneiraflorida disse...

Oceanus,

que ele chegue...
Bjkas!!

avelaneiraflorida disse...

Amigo Papagueno,

ou um furacão...ou uma leve brisa...
Bjkas!!!

Fragmentos Culturais disse...

... interessante esta poetisa, 'Avelaneira'! Não conhecia!

O amor...

E a imagem é linda! assim como a anterior!

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'

Boa semana!

Beijos

Ad astra disse...

e que lindo coração este.

beijinho minha amiga

avelaneiraflorida disse...

Fragmentos,

"Brigados" pela presença nesta Mesa...
Também eu descobri estes versos...

UMA BOA SEMANA, TAMBÈM!!!!
Bjkas!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Ad Astra,

O coração será sempre lindo ...enquanto souber sentir!!!
Bjkas!!!