20070918

Viagem


Aparelhei o barco da ilusão
E reforcei a fé de marinheiro.
Era longe o meu sonho, e traiçoeiro
O mar...
(Só nos é concedida
Esta vida
Que temos;
E é nela que é preciso
Procurar
o velho paraíso
Que perdemos).
Prestes larguei a vela
E disse adeus ao cais, à paz tolhida.
Desmedida,
A revolta imensidão
Transforma dia a adia a embarcação
Numa errante e alada sepultura...
Mas corto as ondas sem desanimar.
Em qualquer aventura,
O que importa é partir, não é chegar.
Miguel Torga, Câmara Ardente

28 comentários:

Maria disse...

O que importa... reconhecer um poeta, saborear as palavras, abrir-lhe a alma. Partir sempre em procura, chegar é baixar os braços, urge continuar. Ainda bem, hoje, Torga. Beijo.

Carminda Pinho disse...

Só nos resta esta vida, a que temos, e é nela que é preciso viajar.
Beijinhos

Méon disse...

(...) "Maior do que qualquer império / foi a aventura de partir e de chegar."

O dia começa com Torga. Que bom! Fico grato.
Dia bom!

Fallen Angel disse...

Uma viagem é uma esperança, um desafio, uma aventura...
A nossa vida é assim, como uma viagem.
Um grande beijinho com carinho.

Ad astra disse...

Bom dia
E que bela forma de o iniciar

Bj

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Um belo poema de Torga!

Neste dia, que o país presta homenagem mais do que justa. A este homem enorme, da cultura portuguesa.

Beijinho

Jorge disse...

Mais um profundo texto de Torga.

veritas disse...

Excelente evocação de Miguel Torga. Todos nós somos esses marinheiros, mas teremos todos nós a capacidade de levar a cabo essa viagem?

Bjs. Boa semana.

avelaneiraflorida disse...

Amiga Maria,

Torga é meu "companheiro" de jornada...

Ainda bem que os meus amigos oa apreciam também!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Amiga Carminda,

e se as palavras dos poetas nos ajudarem a caminhar...melhor ainda!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Méon!

Que todos os TEUS dias comecem com Torga!!!!!

Será um mundo partilhado!!!!!

avelaneiraflorida disse...

Fallen Angel,

de mão dadas os caminhos mais íngremes...são vencidos!!!!

Torga, o homem das serras, de arestas cortantes, pode ser um bom parceiro de viagem!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

AD Astra,

Também para ti,UM BOM DIA!!!!

Com sol e azul,muito azul...
Bjks

avelaneiraflorida disse...

Obrigado, Amigo Mário,

pela presença....
nunca é demais reconhecer o valor dos poetas que temos...e teremos!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Caro Jorge,

Uma das coisas que mais me impressiona em Torga é a FORÇA que emana das palavras!!!
Tudo o que é escrito traduz um sentir que vem do mais íntimo e noa atinge no mais profundo de nós!
Bjks

avelaneiraflorida disse...

Pois é , Veritas!!!!!!

Quantas viagens não perdemos???? Quantas receamos fazer???
E afinal..."o que importa é partir"!!!!!

Bjks

SILÊNCIO CULPADO disse...

Este cantinho tem uma selecção cuidada de belissímos poemas que nos vão alimentando a alma sempre que os lemos.
Percebo em Torga um conceito de partir que nos diz "não se acomodem há sempre algo para conquistar e para construir". Mas acho que também é importante chegar. Não se trata propriamente de uma acomodação mas de uma realização. Afinal foi para isso que se partiu.

avelaneiraflorida disse...

Silêncio culpado,
"brigados" pelas palavras...daria uma interessante discussão!!!!

Torga é um mundo multifacetado!!!!Como a viad! Como as nossas chegadas, as nossas partidas...
As nossas decisões, vontades, recuos...
UM BOA NOITE!!!!

Sophiamar disse...

Um lindo poema de Miguel Torga.Um poeta maior.
beijinhos

multiolhares disse...

Há caminhos, a seguir,
Viagens a fazer
È preciso as iniciar
Para em algum porto, aportar

beijos

avelaneiraflorida disse...

Amiga Sophiamar,

Um poeta da mãe natureza!!!!
A que recooro muitas vezes para me acompanhar...
Bjks

avelaneiraflorida disse...

Multiolhares,
e se decidimos fazer essas viagens...então que a brisa nos seja favorável!!!!!

Bjks

papagueno disse...

Lindo, que bom é ter espírito aventureiro, gostava de poder partir sem ter destino. Mas sou muito convencional nesse aspecto gosto de planear as minhas viagens.
Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Pois é, papagueno!!!!
Partir sem destino... um sonho único!!!!

Mas ainda não tenho asas suficientes...

BJKS

Fátima disse...

Amiga,

Partir, simplesmente ir...já fui assim, mas agora estou mais recatada.
Que lindo poema!

:-)
Beijinhos

monge e eremita disse...

Olá avelaneiraflorida

A tua sensibilidade fascina. Também eu pretendia realizar esta viagem, para depois "engatilhar" com outras ideias. Mesmo assim adorei rever aqui um dos meus poemas preferidos do Torga, o qual foi sempre o meu leme, as minhas velas e o vento que nelas bate. Sinto a fé reforçada e cada vez com mais ânimo.
Agradeço-te por esta viagem.

bj

monge

avelaneiraflorida disse...

Amiga Fátima,
os sonhos de juventude prometem-nos viagens fascinantes...

A Vida vai-se encarregando de no-los cercear ou, mesmo, destruir...

Mas a nossa persistência em sonhar pode ajudar-nos a realizar algumas "viagens"...nem que sejam partilhadas!!!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Amigo Monge,
Agradeço a gentileza das palavras!
Torga é um dos meus mestres timoneiros...mesmo que não saia das quatro paredes de uma sala!!!
Sê-lo-à...enquanto eu acreditar no sonho...

UM RESTO DE BOA NOITE!!!!!!
BJks