20071220

neste tempo...


Nada a fazer, amor, eu sou do bando

Impermanente das aves friorentas;

E nos galhos dos anos desbotando

Já as folhas me ofuscam macilentas;


E vou com as andorinhas.Até quando?

À vida breve não perguntes: cruentas

Rugas me humilham.Não mais em estilo brando

Ave estroina serei em mãos sedentas.


Pensa-me eterna que o eterno gera

Quem na amada o conjura. Além, mais alto,

Em ileso beiral, aí me espera:


Andorinha indemne ao sobressalto

Do tempo, núncia de perene primavera.

Confia. Eu sou romântica.Não falto.

Natália Correia

18 comentários:

Méon disse...

Um dos grandes poemas da Natália! A consciência dorida do ocaso, quando ao corpo já faltam as labaredas que incendeiam - ainda! a alma.
Mas a mensagem de presença, para além do que morre - é um dos grandes momentos deste poema. Inesquecível!
Obrigado, Avelã!

Professorinha disse...

Ao ler o poema, li-me a mim... Vou com as andorinhas... apetece-me voar e viajar e ver e divertir e alegrar... apetece-me voar...

isabel c. disse...

vai com as andorinhas. mas não esperes até à primavera para voltares.

beijos avelaneira e um bom natal, se não nos "falarmos" antes.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Sempre me vergo à grande Natália Correia que um dia "faltou" porque na vida nada é eterno e a mudança é a estabilidade dos dias. As andorinhas partem e regressam aos mesmos beirais. Porém os nossos dias, frequentemente, acabam longe donde começam.

black cat disse...

Grande Natália! tantas vezes esquecida...e outras tantas ignorada!

Rui Caetano disse...

Parece que o amor anda a voar por esses lados. Muitas felicidades e um bom Natal. Também aprecio a Natália Correia.

Palavras ao vento disse...

Uma vénia em memória a NATALIA CORREIA!

Lindo soneto que partilhas aqui.

Obrigada minha querida.

Desejo- te um Feliz e Santo Natal...
E Um Ano Novo com muita saúde e felicidade!

beijos

Jose Gonçalves disse...

avelaneiraflorida

Quero hoje, dia 20 de Dezembro de 2007 dizer-lhe o seguinte:
Em primeiro lugar agradecer-lhe as visitas que sempre me fez, independentemente de eu vir até aqui ou não.
Em segundo lugar, quero dizer-lhe que tenho vindo muitas vezes mas na maioria não deixo sequer vestígio pois que uma das coisas que evito fazer é comentar poesia pois não me sinto à vontade para o fazer.
Por isso não gostaria que fizesse outra leitura da minha falta de comentários que não seja a de um certo acanhamento em meter-me por caminhos que não conheço nem domino.
Espero que não leve a mal.
É que vir aqui e depois de ler os seus poemas deixar-lhe um comentário sem grande sentido, dizendo-lhe apenas que por aqui passei e nada mais, relativo ao que às postagens diz respeito, acho muito pouco, para quem me merece tanto.
Quero que saiba que aprecio o que escreve e o que posta, mas saio em silêncio e nutro por si uma amizade grande retribuindo-lhe a que me tem dedicado.
Um Santo e Feliz Natal para si e para todos os seus.
Do amigo
José Gonçalves

avelaneiraflorida disse...

Méon, Meu Amigo

Natàlia Correia nem sempre foi compreendida mas foi uma das almas mais significativas da POESIA PORTUGUESA!!!!

Apetece revisitá-la...neste tempo!

avelaneiraflorida disse...

Querida Professorinha,

Lemo-nos e as andorinhas adejam sobre nós...

Voa, AMIGA!!!!!

avelaneiraflorida disse...

Amiga Isabel C.

Não vou com as andorinhas...com pena minha!!!!! Esperarei aqui todas as estações...

Mas que os meus Amigos possam voar...
Retribuo os teus votos!!!!!
Bjkas, Amiga!!!!

avelaneiraflorida disse...

Silêncio Culpado/ Lídia


Sempre as palavras certas...

Quanto ao valor de Natália Correia...basta-nos reler, e sentir, a POESIA que nos deixou!!!

Bjkas, Amiga!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Black Cat,

Como é costume fazer-se, neste país, aos seus MAIORES...

Bjkas, Amiga!!!

avelaneiraflorida disse...

Caro Rui Caetano,

o amor voa sempre!!!!!

E de acordo com a quadra que atravessamos..."esbanja-se a rodos" por tudo quanto é sítio!!!!

Ao menos...que seja INTEIRO!!!!
Tudo de BOM, para si!!!!
Bjkas!!!

avelaneiraflorida disse...

Palavras ao vento,

Sem dúvida...Natália merece!!!!!

"Brigados"pelos teus votos!!!! Retribuo desejando TUDO DE BOM!!!!
Bjkas, Amiga!!!!

avelaneiraflorida disse...

Amigo José Gonçalves,

Ainda bem que não me viram ler todas as suas palavras tão gentis!!!!
É que me senti corar...algo que supostamente não deveria acontecer!!!!
Agradeço toda a sua gentileza, mas não mereço tanto!!! Este é um cantinho que abro para me reencontrar comigo, e com os Amigos, que o quiserem partilhar...
Preciso dele com quem respira...
Mas não se sinta constrangido, por favor!!! Comente o e quando quiser, com as palavras lindas que sabe escrever...
E perdoe-me, mas, quem faz os versos tão intensos que deixa no seu cantinho...SABE SENTIR POESIA!!!
Agradeço e retribuo os votos que me deixa e quero que saiba que me apraz descobrir aqui, na net, alguém como o Amigo José Gonçalves!!!

TUDO DE BOM PARA SI E PARA OS SEUS!!!!
Bjkas, AMIGO!!!!!

papagueno disse...

Saudades das andorinhas. Nunca mais volta a Primavera.
Bjks

avelaneiraflorida disse...

Saudades das andorinhas...DE FACTO!!!

Já quase as não vejo...Vi tantas no passado!!!!
Adoraria vê-las a voar e virem poisar nos fios e voejar nos beirais...
De repente, a saudade, sim...
Bjkas, Amigo!!!!