20071012

UMA ROSA




Abrem-se ainda tardes como lagos

pálidos sobre os tectos d'ouro,

leve tremendo na quieta luz

a ânsia derramada das árvores.

E não há mais memória ou pranto: só

um mover d'olhos no coração que acorda

do seu sono de pedra e te revê,

claro fulgor de vida, maravilha

revelada e secreta da vida

que vive . E o céu é céu.

Uma rosa se abriu em qualquer ponto

do mundo e inebria todo o ar

do ocaso que se expande sobre o mundo.

Diego Valeri,
Mesa de Amigos
Imagem(C) Luisa Osdoba

14 comentários:

Fátima disse...

Amiga,

Muito profundo e emocionante!
É sempre bom estar aqui neste cantinho.
:-) Beijinhos

Méon disse...

Obrigado, Avelã! Poema muito bonito e profundo. Imagem a condizer.
Dia bom!

Méon disse...

Obrigado, Avelã! Poema muito bonito e profundo. Imagem a condizer.
Dia bom!

Luís Galego disse...

Uma rosa se abriu em qualquer ponto


do mundo

por acaso, aqui neste mesmo blog!!!

oceanus disse...

Lindo este poema...
Linda a imagem...

Um bom fim de semana!


beijinhos do fundo do Oceanus

Ad astra disse...

Repleto de verdade.

Quem dera não haver mais memória ou pranto, afinal o céu é o céu

bejinho

Maria Clarinda disse...

"...Uma rosa se abriu em qualquer ponto


do mundo e inebria todo o ar


do ocaso que se expande sobre o mundo."

Lindo!
Jinhos

Sophiamar disse...

No teu blogue abre-se um espa�o onde me reconcilio comigo e vejo o lago p�lido, uma rosa em flor, o seu aroma, a sua cor...vislumbro um t�nue acordar para a vida.

Beijinhossssssss

Fernanda e Poemas disse...

Olá amiga, bela escolha deste lindo texto.
Parabéns.
Bom fim de semana!
Fernandinha

Professorinha disse...

Rosas... são rosas senhor, são rosas... o perfume delas inebria qualquer um...

Beijos

Belisa disse...

Olá :)

Venho por este meio...não , não é uma carta.... venho lhe oferecer "estrelinhas doces"... não é preciso comprar...é só passar no meu blog... e deixar uma palavra apenas... para que eu possa responder...pois adoro escrever...e qual o destino e assunto... saber!

estrelinhas doces
Belisa

Ema Pires disse...

Ultimamente só te visito uma vez por semana devido ao meu trabalho. Estive a ler tudo o que nao tinha visto e como sempre fico feliz de entrar aqui. Este poema é lindissimo e cheio de encanto. Obrigada por partilhá-lo connosco.
Beijinho amiga Avelaneira

Jorge disse...

Muito bonito!

Jose Gonçalves disse...

Uma rosa se abriu em qualquer ponto

do mundo e inebria todo o ar...

É uma certeza inquestionável, há e haverá sempre uma rosa em cada canto do mundo que abrirá e o perfume...
Boa semana.
José Gonçalves