20071007

Fado para um amor ausente

Meu amor disse que eu tinha
Uns olhos como gaivotas
E uma boca onde começa
O mar de todas as rotas

Assim falou meu amor
Assim falou ele um dia
E desde então fico à espera
Que seja como dizia

Sei que ele um dia virá
Assim muito de repente
Como se o mar e o vento
Nascessem dentro da gente

Letra: Manuel Alegre
Música: António Portugal
Imagem (C) Ricardo Freire

37 comentários:

Sophiamar disse...

Manuel Alegre, um símbolo sempre presente da boa poesia , da resistência e da liberdade.

Bom domingo

Beijinhossssssss

avelaneiraflorida disse...

Querida Sophiamar,

OS POETAS ALEGRAM-NOS DIAS!!!!!
QUE VENHAM SEMPRE...CADA DIA!!!

BJKS

Fátima disse...

Amiga,

Manuel Alegre, grande homen!
Bonito Poema.

:-) Beijinhos

Jasmim disse...

Olá
Lindo poema de MAnuel Alegre.
Espero que o teu amor regresse um dia, memso que traga um novo rosto...
bom domingo e obrigada pelas tuas palavras de apoio.

Sophiamar disse...

Amiga linda!

Desculpa, só agora me apercebi de que me tinhas atribuído o prémio visitante em Setembro. Creio que não fui a única que não se apercebeu. Peço-te desculpa.Muitooooo!!!!
já sabes que não te faria uma coisa destas.

Beijinhossssssssss

aramis disse...

Querida avelaneiraflorida,
Vim hoje visitar o seu blog com muita calma. Adorei tudo o que vi! Parabens.Está excelente!
Deixo-lhe o desejo de um bom domingo e um abraço de Paz.

arealmar disse...

A espera nunca é demais se sonhamos
beijos

Ad astra disse...

Amiga
Mais um poema perfeito
Mais uma perfeita escolha

Um beijo

Vieira Calado disse...

Na realidade, com açaimes, não se consegue exprimir o que nos vai na alma, em liberdade.
E os cachorros não conseguem ladrar aos algozes...
Bom resto se Domingo.

oceanus disse...

esta foto está linda!

e a poesia? deixa-nos respirar...

Obrigada!

beijinhos do fundo do Oceanus

veritas disse...

E isso porque nunca podemos perder a capacidade de acreditar...

Bjs. Boa semana.

avelaneiraflorida disse...

Sim, Amiga Fátima,


Manuel Alegre tem poesia que nos enche a alma ...e com ele voamos!!!!

Que até cabe tão bem neste belíssimo Fado de COIMBRA!!!
BJKS

avelaneiraflorida disse...

Amiga jasmim,

Sou eu que agradeço a tua presença perfumada neste cantinho...

O Amor vai e vem...como as ondas do mar!!!

Força!!!!!
BJKs

avelaneiraflorida disse...

Querida Sophiamar,

Estão todos desculpadissimos...podem sempre ir lá "pescá-lo"!!!!!

UM BOM RESTO DE DOMINGO!!
BJKS

avelaneiraflorida disse...

ARAMIS,

Bem Vindo(a)!!!!!

São sempre bem acolhidos os que se quieserem aqui sentar nesta mesa...

VOLTE SEMPRE!!!

avelaneiraflorida disse...

Arealmar,

Bem Vinda!!!!!

Ficarei à espera de mais visitas....

UM RESTO DE BOM DOMINGO!!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida AD ASTRA,

Tento sempre deixar aqui as coisas de que gosto!!!!

Só assim as posso partilhar com os meus amigos!!!!

BJKS

avelaneiraflorida disse...

Amigo Vieira Calado,

Açaimes...NUNCA!!!!!!
Se a voz se perder...usemos os gestos!
Se nos manietarem os braços...usemos o corpo!!!!
Se nos quebrarem o corpo...usemos a VONTADE!!!
UM BOM RESTO DE DOMINGO!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida OCEANUS...

Que palavras bonitas!!!!
É no teu cantinho que sempre encontro fotos maravilhosas do mundo azul...

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Amiga Veritas,

Por vezes quase deixamos de acreditar...
Mas, lá do fundo, bem fundo, uma força sobe inexorável e devolve-nos o alento para continuar...

UM BOM RESTO DE DOMINGO!!!!!
BJKS

Rhiannon disse...

Bonitos os poemas de Manuel Alegre, como se o mar e o vento nascessem dentro de nós.

Avelaneira, e em mim floriu a recordação do fado de Coimbra.

Bjo

SILÊNCIO CULPADO disse...

É bom falar de amor em tempo de guerra. E é uma guerra esta que atravessamos e em que o silêncio é mais perigoso do que os mísseis. Mas gosto especialmente deste cantinho porque canta um amor belo, um amor capaz de se condoer e de enfrentar a verdade das coisas.

avelaneiraflorida disse...

Amiga Rhiannon,

De repente tive saudades de Coimbra...

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Silêncio culpado,

O AMOR TUDO VENCE!!!!
foi assim que a vida nos foi ensinando...esqueceu-se da GUERRA!!!! essa continuamo-la a alimentar com o Ódio!!!!

Bjks

David Alves disse...

Este poema do Manuel Alegre é de facto muito bonito...principalmente a certeza de que um dia ele (o amor) virá... de repente ou não o importante é que venha.

Paulo Sempre disse...

"com que voz cantarei o meu triste fado"?
Beijos

isabel disse...

lindissimas as palavras e a imagem!

Méon disse...

Dos fados mais bonitos, sim.
Obrigado.

avelaneiraflorida disse...

David Alves,

BEM VINDO!!!!!

Quanto a certezas...basta-nos a esperança!!!!
Volte sempre!!!!!

avelaneiraflorida disse...

Paulo Sempre,

Para o Fado de COIMBRA há VOZES que são imortais!!!!
Tem um sentir especial...

Assim acontece, também, para o Fado de LISBOA!!!!
Temos sorte de ter VOZES igualmente de excepção!!!!
Bjks

avelaneiraflorida disse...

Amiga Isabel,

As palavras são do Manuel Alegre... apenas nos comovemos com elas!!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Méon, Meu Amigo


Digno de uma serenata...

UM DIA BOM!!!!

Estrellinha disse...

Lindo lindo lindoooo!

Jose Gonçalves disse...

Manuel Alegre!!!
Preciso de dizer mais?
Uma boa semana
José Gonçalves

Anónimo disse...

Quem haveria de descumprir tal promissão?

Beijinho

Ana Carolina

avelaneiraflorida disse...

Amigo José Gonçalves,

De facto, TEM TODA A RAZÃO!!!!!!

BJKS

avelaneiraflorida disse...

ANA Carolina,

Uam questão pertinente...mas cuja resposta nem sempre é tão simples e evidente!!!!!

UM BOM DIA,
Bjks