20071020

Sábado...Manhã...


Aí estás tu à esquina das palavras de sempre

amor inventado numa indústria de lábios

que mordem o tempo sempre cá

E o coração acontece-nos

como numa dádiva de folhas nupciais

nos nossos ombros de outono

Caiam agora pálpebras que cerrem

o sacríficio que em nossos gestos há

de sermos diários por fora

Caiam agora que o amor chegou


Ruy Belo

"Acontecimento" in Aquele Grande Rio Eufrates
Imagem(C) Juan Gris

25 comentários:

Sophiamar disse...

Hoje passo s� para te deixar beijinhos e dizer que gosto muito de ti. Obrigada pelos momentos agrad�veis que aqui passo e que tanto me apaziguam.

Beijinhosssssssssssssssssssssssss

Pedro Arunca disse...

Eu disse que voltava.



Há versos que deviam ser escritos nos muros
talvez fizessem efeito nos espíritos duros....

Boa selecção de poemas.

blueminerva disse...

A poesia de Ruy Belo é majestosa.
Parabéns pela escolha. Parabéns pelo blog.
Um abraço

avelaneiraflorida disse...

Querida Sophiamar,

Eu é que agradeço a vossa presença!!!!!
Fazem-me sentir bem com o mundo!!!!
"BRIGADOS"!!!!!

BJKS

avelaneiraflorida disse...

Pedro Arunca,
"BRIGADOS" pela visita...

Tens toda a razão...em vez de outdoors incríveis que vemos por aí...deveriam existir palavras dos poetas em todas as ruas e praças!!!!

UM BOM FIM DE SEMANA!!!!

avelaneiraflorida disse...

Blueminerva,

BEM VINDA A ESTE CANTINHO!!!!!
Agradeço a gentileza das palavras!
Volte sempre!!!!

Barão Van Blogh disse...

Coloco a leitura em dia , é sempre bom passar por aqui .

Bom fim de semana .

lena casas novas disse...

Este blog é muito bacana! As mensagens são tão boas quanto a criatividade de postagem.

amigona avó e a neta princesa disse...

Também concordo, como era bonito termos a poesia nos muros das nossas terras? Beijos...

avelaneiraflorida disse...

Lena casas novas,

Bem VINDA!!!!!
Agradeço as palavras amáveis!
Volte sempre!!!!

avelaneiraflorida disse...

Queridas Amigona e neta princesa,

Já imaginaram como seria bonito quadros e poemas por tudo quanto é rua e avenida e mudando consoante as estações???????

UM BOM FIM DE SEMANA!!!!!
Bjks para ambas

multiolhares disse...

E quando o amor acontece
A vida toma forma
Beijinhos
luna

avelaneiraflorida disse...

multiolhares,

as formas,que captas tão bem nas lindas fotos que nos deixas...

UM BOM FIM DE SEMANA!!!!!
BJKS

SILÊNCIO CULPADO disse...

Realmente é horrível ser diário por fora. Importa que o amor chegue para que nos traga cor.Uma cor que não é só paixão mas também amizade, compreensão e perseverança.
Um amor que me permita visitar-te e estender-te a mão e sentir-me com isso mais acrescentada.

avelaneiraflorida disse...

Silêncio culpado,

Ser "diário por fora" pode pesar tanto, tanto...

Que tenhamos ,ao menos estes cantinhos de cores variadas, para que a nossa vida possa ser uma imensa paleta colorida...
Onde cabem as cores imaginadas e as que ainda não o foram...

Bjks

Mário Margaride disse...

Belíssimo poema!

Um belíssimo fim de semana, a condizer com este poema

Beijinhos

Estrellinha disse...

Ai Jesus que se apaga a luz...

Juro que fiquei arrepiadinha!

Adoro um poema de Florbela Espanca.

Se me viesses ver á tardinha...

Será que um dia poderás publicar?

Beijocas

avelaneiraflorida disse...

Amigo Mário Margaride,

Ruy Belo deixa-nos sempre uma marca indelével...

UM BOM RESTO DE FIM DE SEMANA, TAMBÉM!!!!

Bjks

avelaneiraflorida disse...

Amiga ESTRELLINHA,

Também gosto muito de Florbela Espanca...prometo que vou buscar o poema que pedes!!!!

Bjks

Ad astra disse...

Aqui estou eu, na minha veneração a Ruy Belo

Beijinho amiga

avelaneiraflorida disse...

Querida AD ASTRA

RUY BELO....SEMPRE!!!!!

BJks

Ad astra disse...

cá está ele para a Estrelinha, desculpa avelâzita é para te popar trabalho que sei que tens estado ocupada, e ele estava mesmo aqui à mão

Se tu viesses ver-me...
Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços...

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri
E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
E os meus braços se estendem para ti...

Fátima disse...

Amiga avelaneiraflorida,

Que lindo!
Ruy Belo, boa escolha!

:-) Beijinhos

avelaneiraflorida disse...

Querida AD ASTRA,

"BRIGADOS" assim a AMIZADE se espalha nesta mesa de AMIGOS!!!
Agradeço-te por mim e...pela ESTRELLINHA!!!!

BJKs

avelaneiraflorida disse...

Querida Fátima,

Ruy Belo, é um amparo...quando precisamos,assim como os AMIGOS!!!!

BJKs