20071130

Em Atraso...


[...]Mal entraram no túnel das árvores que enchem as duas margens, apareceu um vento áspero, a sacudir tudo; até assobiava nos troncos e nos ramos.E corria tanto, e asssobiava, tanto, espantado, quem o espantara?, que as folhas começaram a cair aos cachos, fugindo algumas, juntando-se depois, num torvelinho, indo e regeressando num corropio, que Olinda Carramilo parou de remar e ficou queda no banco, meia tonta, como o Tóino, que já bebera mais de meio garrafão de vinho e ainda não parara de cantar.

E num repente, quando o vento garanhão fugiu para a Lezíria à procura das éguas, as folhas que revoluteavam como pintassilgos tontos caíram de chapuz sobre a vala da Casa Branca e deixaram tudo alagado das cores do Outono, um nadinha triste, mas tão sorrateiro, que o Tóino da Vala não se moveu no fundo do barco. Amarelas, doiradas, vermelhas, quase de fogo, ardidas e ainda ardentes, verdes, cúpricas, verde-cré, verde-montanha,verde-gaio, verdenegro, ocres, castanho-queimado, e vermelhas, acesas, fogaréus a arder, sobre o corpo do pescador vagabundo e vestiram-no a esmo de todas as cores que havia nesse mês.

Deslumbrada, Olinda Carramilo ergueu os olhos para aquela chuva fantástica que também lhe escorria pelos ombros e engrinaldava a cabeça.

Depois tudo se quedou num grande silêncio, como se as árvores ficassem a ver o que delas fugira com o vento.

- Não te mexas, Tóino! - pediu a rapariga.

[...]

Alves Redol
in Avieiros
Imagem (C) Projecto Palhota Viva

30 comentários:

monge e eremita disse...

Olá avelaneiraflorida

Avieiros! Foi o meu primeiro "grande" livro, comprado em Coimbra com os meus dez aninhos!
Como eu adoro Alves Redol, com a sua perspectiva neo-realista da condição proletária de tantas humanas pessoas. Boa lembrança!

bj

monge

Méon disse...

Página deslumbrante de Alves Redol!!
Ah! quem pudesse roubar um barco e navegar aquelas águas...

Tarde de lezíria!
Bj.

Sam Well disse...

Um barco de avieiro!
Quantas vezes remei num desses barcos, alugado aos pescadores em tardes de Verão ardente, ouvindo o marulhar da água nas folhas dos salgueiros do Tejo.
Obrigado, Avelaneira! Tenho tantas saudades!

Gui disse...

Alves Redol, está tudo dito.
Um abraço

avelaneiraflorida disse...

Amigo Monge,

este livro faz parte do "meu" Tejo!!!!
A ele sempre recorro quando o Tejo está longe!
Além disso, como homenagear um autor que escreveu assim?????
Bjks!!!!!

avelaneiraflorida disse...

Méon, Meu Amigo

é apenas a minha página preferida de Avieiros!
desde que a li...nunca mais a esqueci!
Por isso...ela aqui está!!!

Uma tarde de sol!!!
Bj.

avelaneiraflorida disse...

Olá, Sam!!!!!!!!

" bora" roubar um barco?

avelaneiraflorida disse...

Caro Gui,

Exactamente!!!!!!!!!
UMA BOA TARDE!!!

BJKS!

Ad astra disse...

Caramba amiga, aos anos que eu li isto
Fizeste-me retroceder nostalgicamente sorrindo.

Um beijinho

SILÊNCIO CULPADO disse...

Ah Querida Avelaneira Florida
Que bom foi recordar os Avieiros de Alves Redol. Tal como a Barca dos Sete Lemes foram livros de referência e de grande intervenção em outros tempos. Eu também adoro o Tejo e gosto, especialmente, da parte Ribeirinha de Alhandra, onde Sousa Martins tinha a sua casa.
Temos muito em comum, amiga.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Oh Avalaneira Florida
Não está aqui o meu comentário que eu fiz com tanto carinho. Às vezes não grava!...
É que falar de Alves Redol e do Tejo enche-me a alma. Os Avieiros e a Barca dos Sete Lemes foram das suas obras mais emblemáticas.Há uma praça em Alhandra com o seu nome junto à zona ribeirinha, com vista para o Tejo. Onde o Sousa Martins tinha a sua casa.

Professorinha disse...

Não conhecia Alves Redol... Fiquei a conhecer e a gostar...

Beijos

Alice Matos disse...

Alves Redol... já tinha saudades...

Bom fim de semana...

JOY disse...

Daria concerteza uma bela pintura este este texto de Alves Redol.
Quem me dera ter o dom da pintura .

Beijos
JOY

Jose Gonçalves disse...

Avieiros minha amiga. Que escolha.
Acho que foi o primeiro livro que meu pai me indicou.
Deixo um grande abraço
José Gonçalves

Jose Gonçalves disse...

Deixei um comentário mas não sei se ficou porque não o vejo.

Mas falei de Avieiros que penso que foi o primeiro livro que meu pai me indicou.
Um abraço
José Gonçalves

Sophiamar disse...

Olinda! Um nome que trago dentro do sangue,da alma e do cora�o.
Desculpa amiga, mas deixei-te um desafio no meu blogue.
Mil beijinhos

papagueno disse...

Olha á tanto tempo que não lia nada do Alves Redol. também eu em atraso.
Beijos

Fátima disse...

Amiga avelaneiraflorida,

Muito bom...Avieiros...na lezíria.
Adorei.

:-) Beijinhos Amiga

avelaneiraflorida disse...

Querida Ad Astra,

Sim, alguma nostalgia!!!!
Mas Beleza...acima de tudo!!!!!

Bjks, Amiga!!!!

avelaneiraflorida disse...

Silêncio Culpado,

"BRIGADOS" pelo cuidado em deixar os teus comentários...nesta net maluca!!!!De facto, nem sempre ela se porta como deve!!!!!
mas aqui estão eles!!!

Tive o prazer de visitar a casa Museu de Sousa Martins, em Alhandra, onde, aliás, recolhi alguns dados importantes para a investigação em que estava a trabalhar!
Linda a casa! Simpatia imensa a de quem me recebeu e ma mostrou!!!!
E mesmo ali ao lado o Tejo...
Foram momentos inolvidáveis!!!!

Um BOM FIM DE SEMANA!!!

BJKS!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Professorinha,

Quando puderes...LÊ Alves Redol!!!!!
Sem menosprezar os outros autores da Língua Portuguesa, ele é um dos ESPECIAIS!!!!
Sobretudo, tendo em conta o contexto em que escreveu as suas obras e o PORTUGAL de então!!!!

QUE TUDO SE VÀ RECOMPONDO NO TEU CAMINHO!!!!

FORÇA, AMIGA!!!! BJKS!!!!

avelaneiraflorida disse...

Amiga Alice,

TODA A RAZÂO!!!!!
É um dos autores a que apetece regressar de quando em vez!!!!

UM BOM FIM DE SEMANA!!!!

BJKS!

avelaneiraflorida disse...

Amigo Joy,

SIM! Uma pintura LINDISSIMA!!!!
Também gostaria de saber pintar...
como não sei, fecho os olhos e fico com as palavras!!!!!!

Um BOM FIM DE SEMANA!!!
Bjks!!!

avelaneiraflorida disse...

Amigo José Gonçalves,

Esta net anda sempre a trocar-nos as voltas!!!!!

Está aqui tudinho, que eu não gosto de perder nada!!!!!!

Que presente lindo, recebido de um pai!!! Que BOM!!!!!
UM BOM FIM DE SEMANA!!!!
BJks!

avelaneiraflorida disse...

Querida Sophiamar,

Há nomes que fazem parte de nós!!!!
Sim, percebo! Também os tenho!!!!!

Com todo o gosto irei buscar o teu desafio!!!!!

UM FIM DE SEMANA BOM!!!!!

BJKS, AMIGA!!!

avelaneiraflorida disse...

Amigo Papagueno,

Esta vida nem quase nos dá tempo de respirar!!!!!

Mas Alves Redol merece bem uma pausa!!!!!!

UM BOM FIM DE SEMANA!!!
BJKS, AMIGO!!!

avelaneiraflorida disse...

Querida Fátima,

Uma das minhas paixões é o Tejo!!!!
E ninguém dele falou tão bem como Redol!!!!
Por isso ele tinha de aqui estar!!!

Um BOM FIM DE SEMANA!!!!
Bjks, AMIGA!!!

Anónimo disse...

Avelaneira ., Felicito-a , li pouco do Redol, Constantino guardador de vacas e de sonhos, e o grande romance A barca dos sete lemos, num verão sem praia, mas com o prazer de uma sombra de uma àrvore: uma laranjeira Ainda não conheço o museu, mas fá-lo-ei com tempo e com a Primavera. Conhece o museu?
O Excerto aponta cores que mal vislumbro.
A si a minha vénia !

avelaneiraflorida disse...

Caro Anónimo,

"brigados" pela sentida presença!!!
Não conheço o Museu, ainda, mas gostaria de o visitar...

Cordialmente, uma BOA NOITE!!!!