20081117

Em cada dia...


Porque é que este sonho absurdo
a que chamam realidade
não me obedece como os outros
que trago na cabeça?

Eis a grande raiva!
Misturem-na com rosas
e chamem-lhe vida.



Imagem (C) Rene Magritte

6 comentários:

Ana Sofia disse...

Olá,

Linda imagem... Adoro as pinturas do Magritte... Essa não conhecia, mas reconheci logo o "estilo" dele, o que me deixou espantada, porque só percebo algumas coisas de pintura e pintores e, essas poucas coisas que sei, só as sei mais por observação.
Quanto aos versos que acompanham a imagem... A realidade pode realmente parecer-nos absurda, por nem sempre as coisas se passarem como queremos. Mas é assim a vida, e nem tudo é mau, existem sempre as rosas.
Beijinhos

escrevinhadora disse...

Há sonhos de que não queremos acordar e há realidades que gostaríamos de pôr debaixo da almofada...

avelaneiraflorida disse...

Olá, Ana Sofia!!!!

Magritte é sempre um mundo a descobrir...assim como José Gomes Ferreira!!!!!!!

Que bom estares disponível para entrar na aventura da Arte!!!! Que seja uma "boa viagem", sempre!!!!

Bjkas!

avelaneiraflorida disse...

Escrevinhadora,


Sim, totalmente de acordo!!!!

Um bom dia!!!!

Méon, disse...

A vida e o sonho... A realidade...
Porquê a contradição?
Beijo

avelaneiraflorida disse...

Méon,


e será contradição???
Por vezes, a vida transforma o sonho na mais pura realidade...

Beijinho.