20060126

Ab inicio

Imagem(C) avelaneiraflorida
Para quem não acredita que a fonte existe...
que tudo se perde,
que nada volta,
que as pequenas alegrias podem doer,
que se pode ter medo de perder o que nunca se deixou de ter...
Basta voltar. Onde tudo começou.
Basta estender a mão. Beber daquela água.
Como se a sede apetecesse só ali.

E depois no caminho há sempre peregrinos, que nos trazem novas de VIDA!!!

1 comentário:

Peregrino disse...

Deve-se ir beber, sempre, nas fontes de onde brota o AMOR.
Doi?
Claro, é preciso coragem para partir (peregrinar) para a busca, o reencontro com a memória, o revolver de todas as "tralhas" do baú do passado...Mas é daí que vem a reconciliação com a VIDA.
Bebe, mata a sede!