20051101

E de súbito...uma imensa e estranha saudade!


Abri o armário, estavão lá todos os vestidos! Esperando que a mão lhes tocasse.Guardando restos de perfume, enovelando memórias de outros dias. Felizes! A cheirar a novo. A cheirar a vida! Presos no tempo .
De manso toquei-lhes! As flores, desabrocharam-me nas mãos abandonando-se à descoberta! Pequenas rugas, saliências de si próprias, subitamente revelaram-se e descobriram segredos daquela textura de crepe. Nova! Diferente dos meus algodões macios e ingénuos. Como uma festa de fantasias.Uma prenda por abrir...
Num impulso tirei-os das cruzetas de madeira! Soltos, pareceram perder aquele mistério que os tornavam tão distantes! Aninharam-se uns sobre os outros numa mistura de cores e texturas. Como uma imensa mancha de primavera a meus pés! o armário pareceu subitamente escurecido e mais triste! O espaço, agora vazio de cor, pedia-me que o deixasse quieto. Com cuidado fechei a porta. O enorme espelho ficou na minha frente desafiando-me!
E peguei neles, um por um, com a ponta dos dedos. Coloquei-os à minha frente. Olhei. Mesmo com toda a minha boa vontade arrastavam-se pelo chão. Estreitavam-se demasiado na cintura. E até aquele cheiro doce parecia ter-se dissolvido no ar...
Apenas o de crepe se me agarrava às mãos. As flores pareceram mais rubras no seu leito de cinza marfim.As pequenas fitas de cetim ganharam matizes na luz do dia. Como um afago, suave, como talvez as tuas mãos, que não conheci, o foram!
Colou-se-me como uma pele nova e diferente! Menina feita mulher!Passado e futuro numa intersecção frágil do momento! Ganhei coragem para olhar o espelho! Com toda a força desejei ver-te! Abri muito os olhos...
e não estavas lá!

2 comentários:

JMD disse...

Tive a felicidade de visitar-te nesta prosa antiga. Estás toda aqui: vivendo intensamente o presente ( a tua alegria contagiante!)mas, também, bebendo o passado com enorme nostalgia, com inefável ternura...
Deixa-me dizer-te: és uma pessoa muito bonita, Avelã!

avelaneiraflorida disse...

Brigados!!!

Também gostava de saber...se ELA o terá sido!!!!!
Pelo menos, pelos vestígios que me deixaram ter...pareceu-me que seria LINDISSIMA!!!